Litoral paulista registra novas aglomerações no domingo

De Redação Estadão | 7 de setembro de 2020 | 07:58

O litoral de São Paulo voltou a ter praias cheias no domingo, 6, no feriadão prolongado da Independência. Aglomerações foram vistas em praias de Santos, Guarujá e Caraguatatuba. Nem o tempo parcialmente nublado em algumas dessas localidades dissuadiu moradores e turistas a buscarem lazer próximo do mar.

A Prefeitura de Santos informou que, das 6 horas de anteontem até as 16h45 de ontem, a Guarda Civil Municipal registrou movimento acima do normal na orla da praia, em virtude do feriado prolongado. As equipes em campo fizeram 2.063 orientações sobre uso da faixa de areia, 887 sobre uso obrigatório de máscara facial e duas autuações referentes à presença de cães na faixa de areia.

Foram aplicadas 44 multas pelo não uso da máscara ou pela resistência em usar o item. Desde 1.º de maio, a falta de máscara acarreta multa no valor de R$ 100.

Na Praia do Boqueirão, era bem difícil avistar alguém naquele ponto usando máscara, já que não havia abordagens na área.

“Estou aqui há uns 30 minutos e não vi muita gente usando máscara. Pessoas aglomeradas, sem necessidade. Como estou meio afastada, não estou usando. Se eu estivesse para lá, no Gonzaga, ia usar”, disse a estudante Bianca dos Santos Palhas, que estava na companhia de outras três pessoas, todas sem a proteção.

A estudante Giovana Araújo passeava pela praia e também não usava a máscara. O equipamento de proteção estava sob seu queixo. “Olha, muita gente sem máscara. Eu estou sem porque estava tomando um açaí. Ninguém está usando”, justificou.

No domingo, os fiscais da prefeitura do Guarujá realizaram 753 abordagens a pessoas que cometeram abusos nas praias. As equipes ordenaram a retirada de 639 cadeiras e guarda-sóis instalados na faixa de areia.

Em Caraguatatuba, um grande volume de pessoas foi visto na Praia Martim de Sá. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Glauco Braga – Especial para a AE
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário