Luciana Gimenez lamenta morte do pai: 'o que realmente importa é paz interior'

De Redação Estadão | 30 de dezembro de 2020 | 14:54

A apresentadora Luciana Gimenez fez uma homenagem para o pai em sua conta no Instagram na terça-feira, 29, mostrando uma carta antiga que ele enviou a filha. João Alberto Morad morreu no mesmo dia e Luciana falou sobre a morte do pai na publicação.

“Hoje, no dia que meu pai se foi, encontrei essa carta de 12 anos atrás. Obrigada, Seu João!”, contou Luciana na publicação. O post mostra uma foto da apresentadora com o pai, publicada originalmente em 2018, e a carta enviada por ele, digitalizada.

O texto começa com o título “aprendi que se aprende errando”, e inclui uma série de reflexões que João Morad compartilha com a filha sobre a vida. “Aprendi Que o que realmente importa é a paz interior. E finalmente aprendi que não se pode morrer para se aprender a viver”, conclui a carta.

Segundo a assessoria da apresentadora, João Alberto Morad morreu “devido a causas naturais”. Luciana, que é filha do empresário com a atriz Vera Gimenez, soube da morte quando estava em sua casa em Trancoso, na Bahia, e retornou para São Paulo para o velório, que ocorreu na manhã desta quarta-feira, 30.

João Pedro Malar, estagiário sob supervisão de Charlise Morais
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.