Maia: ‘Esperamos aprovar reforma na Câmara até o fim do primeiro semestre’

De Redação Estadão | 31 de maio de 2019 | 12:00

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou a expectativa de votar e aprovar a reforma da Previdência na Câmara até o fim do primeiro semestre do ano. Citando a possibilidade de o PSDB fechar questão em torno da proposta e obrigar os deputados da legenda a votarem favoravelmente ao texto, ele disse que mais partidos estão caminhando para isso.

"Os partidos estão todos caminhando nessa linha, todos os partidos que converso, todos que têm uma linha liberal na economia. Essa sinalização do PSDB de fechamento de questão é talvez decisiva para a gente colocar a reforma nos trilhos", declarou.

Maia listou como legendas que também podem adotar essa postura DEM, PP, PL (ex-PR), Cidadania e Podemos. E ainda mandou um recado ao PSL e ao governo do presidente Jair Bolsonaro: "Se tivermos a clareza que temos junto com PSL e o governo ajudando a construir a votação, podemos antecipar, o importante é fechar o semestre com essa matéria votada. Isso seria ideal para a Câmara dos Deputados, no meu ponto de vista."