Médico e ex-prefeito de Santo André

De Redação Estadão | 12 de janeiro de 2021 | 07:19

O ex-prefeito de Santo André Aidan Ravin (Republicanos) morreu no domingo, 10, aos 59 anos, por complicações hepáticas após contrair a covid-19, em maio de 2020. Ravin governou o município vizinho à capital paulista entre 2009 e 2012 pelo PTB e foi candidato a vereador nas eleições do ano passado.

De acordo com informações do jornal Diário do Grande ABC, Ravin chegou a receber alta de sua primeira internação em maio, mas voltou para o hospital no fim do ano com problemas no fígado. A equipe médica solicitou um transplante do órgão, mas o procedimento não foi autorizado porque o ex-prefeito ainda apresentava uma série de sequelas da covid-19.

O atual prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), lamentou a morte de Ravin. “Deixa legado como médico da nossa rede municipal de Saúde e também como gestor público”, publicou Serra no Instagram.

Adversário político de Ravin em Santo André, o PT emitiu nota sobre a morte do ex-prefeito. “Travamos grandes debates no exercício da democracia, mas sempre com o respeito e nos debates de grandes ideias. Nossa solidariedade a toda sua família e amigos, em especial a sua esposa, Denise”, afirmou o diretório municipal da legenda.

Ravin foi vereador, eleito pelo PDT em 2004. Em 2006, foi candidato a deputado estadual pelo antigo PPS (hoje Cidadania), mas não se elegeu. Perdeu a tentativa de reeleição a prefeito em 2012 para Carlos Grana (PT).
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Eduardo Gayer, colaborou Matheus Lara
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário