Ministério da Saúde encontrou vírus em computadores, mas afasta ataque hacker

De Redação Estadão | 5 de novembro de 2020 | 19:25

O Ministério da Saúde informou que identificou um vírus em computadores nesta quinta-feira, 5, e bloqueou o acesso à internet, às redes e aos sistemas de telefone da pasta. A medida foi tomada por motivos de segurança, para evitar a propagação do vírus entre os computadores. “Até o momento, não há indícios de que o vírus seja uma tentativa de invasão, pois não houve danos à integridade dos dados”, disse o ministério.

Segundo a pasta, o problema limitou-se a algumas estações de trabalho e não comprometeu os servidores da infraestrutura da Saúde. Alguns sistemas ainda enfrentam lentidão por causa das medidas de segurança.

“O DataSUS investiga a origem do problema e trabalha para restabelecer de forma integral e o quanto antes o acesso seguro dos colaboradores às suas estações de trabalho”, afirmou o Ministério.

As redes do ministério foram bloqueadas pela manhã. Servidores da pasta foram orientados a desligar computadores, desinstalar aplicativos de celular com contas vinculadas ao ministério e não acessar a rede do órgão nem sequer em casa.

Pela manhã, o ministério informou que investigava “inconsistência no sistema”. Servidores da pasta disseram que técnicos do DataSUS suspeitavam de ataque cibernético. Segundo o ministério, não foram interrompidos serviços a pacientes do SUS.

Hacker ataca STJ e governo do DF

Um ataque hacker afetou os sistemas do Superior Tribunal de Justiça (STJ) na quarta-feira, 4, e impediu que milhares de decisões monocráticas fossem concluídas e publicadas.

A Secretaria de Economia do Distrito Federal informou ter identificado uma tentativa de ataque hacker nesta quinta-feira, 5. Os sistemas e sites do governo local foram retirados do ar por segurança.

Mateus Vargas
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário