Monteiro oscila no fim e é eliminado em Roland Garros; Del Potro e Fognini vencem

De Redação Estadão | 28 de maio de 2019 | 07:25

Após vencer três partidas consecutivas e furar o qualifying, o brasileiro Thiago Monteiro foi eliminado na primeira rodada da chave principal de Roland Garros, nesta terça-feira. O tenista número 1 do Brasil foi derrotado pelo sérvio Dusan Lajovic por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4, em 2h05min de confronto, em Paris.

Monteiro, atual 112º do mundo, teve dificuldades para acompanhar o ritmo do rival, 35º do ranking e 30º cabeça de chave. Mesmo embalando por bons resultados no quali, o brasileiro só conseguiu equilibrar as ações no set inicial, quando chegou a obter uma quebra de saque sobre o adversário.

Mas não ameaçou o triunfo do sérvio na parcial. O segundo set também foi difícil para o brasileiro, que esboçou reação na última parcial. Sacando para empatar em 5/5 no terceiro set, Monteiro oscilou em seu serviço quando estava em 40/15 e permitiu a virada do rival no game. Após a quebra, viu Lajovic confirmar a vitória logo na sequência.

Com o resultado, o tenista cearense segue sem resultados de maior expressão em Grand Slams. Ele soma por enquanto apenas duas vitórias, ambas obtidas em 2017, e quatro derrotas – levando em conta somente jogos em chave principal.

Na segunda rodada, Lajovic vai enfrentar o local Elliot Benchetrit, que também estreou nesta terça, batendo o britânico Cameron Norrie por 6/3, 6/0 e 6/2.

DEL POTRO VENCE – Dois dos candidatos ao título em Paris, o argentino Juan Martín del Potro e o italiano Fabio Fognini estrearam com vitória no Grand Slam francês, nesta terça. Semifinalista em 2018 e atual número nove do mundo, Del Potro fez um duelo sul-americano com o chileno Nicolas Jarry e chegou a perder um set em seu triunfo por 3 a 1, com parciais de 3/6, 6/2, 6/1 e 6/4.

Na segunda rodada, o tenista da Argentina vai enfrentar o japonês Yoshihito Nishioka, que superou nesta terça o norte-americano Mackenzie McDonald em cinco sets: 6/7 (7/9), 6/0, 4/6, 6/2 e 6/3.

Fabio Fognini, por sua vez, fez um duelo de italianos com Andreas Seppi e levou a melhor em quatro sets. Atual 12º do mundo, ele venceu com parciais de 6/3, 6/0, 3/6 e 6/3. Fognini chegou a Paris no embalo do título conquistado no Masters 1000 de Montecarlo, com direito a vitória sobre o espanhol Rafael Nadal no caminho até o principal troféu de sua carreira.

Seu próximo adversário será o argentino Federico Delbonis. Curiosamente, ambos já foram campeões do Brasil Open, em São Paulo. Delbonis despachou nesta terça o espanhol Guillermo Garcia-López por 6/1, 3/6, 6/3 e 6/2.

Ainda nesta terça, avançaram na chave masculina o norte-americano Taylor Fritz, o sueco Mikael Ymer e o britânico Kyle Edmund.