Morre, aos 86 anos, o maestro Benito Juarez

De Redação Estadão | 3 de agosto de 2020 | 14:45

Morreu na manhã desta segunda-feira, dia 3, o maestro Benito Juarez, aos 86 anos. A informação foi confirmada pelo seu filho em redes sociais.

Nascido em Minas Gerais, Juarez foi o criador do Coral USP e diretor da Sinfônica de Campinas durante vinte e cinco anos.

Em 1984, participou com o grupo do comício pelas Diretas Já no Vale do Anhangabaú, interpretando o Hino Nacional Brasileiro e a Quinta Sinfonia de Beethoven.

Sua atuação foi marcada pela junção entre a música erudita e a música popular. Trabalhou com artistas como Gilberto Gil e Milton Nascimento, além de ter aberto o repertório de corais brasileiros à música engajada.

Em 2001, após deixar a Sinfônica de Campinas, fundou e dirigiu a Banda Sinfônica do Exército Brasileiro.

João Luiz Sampaio, especial para o Estado
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário