Na estreia de Felipe Conceição, Guarani bate líder e deixa zona de rebaixamento

De Redação Estadão | 13 de outubro de 2020 | 23:52

O técnico Felipe Conceição estreou com o pé direito no Guarani com a vitória sobre o líder Cuiabá na noite desta terça-feira, por 1 a 0, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Est foi a segunda vitória seguida do Guarani desde a saída de Ricardo Catalá – Sérgio Baresi comandou interinamente contra o CRB. As duas em casa, onde o time ainda não tinha vencido. Com 17 pontos, deixou a zona de rebaixamento. Já o Cuiabá perdeu uma invencibilidade de oito jogos, mas segue isolado na liderança, com 32 pontos.

Pelo primeiro tempo, nem parecia que o Cuiabá era o líder e o Guarani que estava na zona de rebaixamento. O time campineiro teve mais de 60% de posse de bola e mereceu ir para o intervalo na frente do placar. Aos 30 minutos, Bidu chutou de fora da área e a bola bateu na trave esquerda antes de entrar.

Mesmo com um a menos – Luiz Gustavo foi expulso no fim do primeiro tempo -, o Cuiabá começou a etapa final assustando em chute de Elton por cima do travessão. Mas o Guarani estava mais perto de marcar, levando perigo com Didi, Lucas Crispim e Waguininho.

Aos 33 minutos, Bruno Sávio recebeu o segundo amarelo por cera e foi expulso, deixando o Guarani também com dez jogadores. No finalzinho do segundo tempo, Jenison chutou forte mesmo sem ângulo e Gabriel Mesquita espalmou para escanteio, evitando o empate do Cuiabá.

Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, às 19 horas, pela 17.ª rodada. O Guarani enfrenta o Vitória, no Barradão, em Salvador, e o Cuiabá recebe o Paraná, na Arena Pantanal, no Mato Grosso.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 1 X 0 CUIABÁ

GUARANI – Gabriel Mesquita; Pablo, Wálber, Didi e Bidu; Deivid (Bruno Silva), Eduardo Person (Arthur Rezende) e Lucas Crispim; Giovanny (Bruno Sávio), Waguininho e Júnior Todinho (Rafael Costa). Técnico: Felipe Conceição.

CUIABÁ – João Carlos; Hayner (Lucas Ramon), Everton Sena, Anderson Conceição e Romário; Matheus Barbosa (Jean Patrick), Luiz Gustavo e Elvis; Felipe Marques (Willians Santana), Yago (Maxwell) e Élton (Jenison). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOL – Bidu, aos 30 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL).

CARTÕES AMARELOS – Waguininho, Alemão, Bruno Sávio e Júnior Todinho (Guarani); Hayner, Romário, Willians Santana e Luiz Gustavo (Cuiabá).

CARTÕES VERMELHOS – Bruno Sávio (Guarani); Luiz Gustavo (Cuiabá)

RENDA E PÚBLICO – Portões fechados.

LOCAL – Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário