No 'Lady Night', Reynaldo Gianecchini fala sobre a vida após tratamento de câncer

De Redação Estadão | 14 de fevereiro de 2020 | 13:23

Reynaldo Gianecchini falou sobre o processo de superação de um linfoma não-Hodgkin que foi diagnosticado em 2011 e como a vida dele mudou após a doença. O ator abordou o tema durante participação no programa Lady Night, exibido nesta quinta-feira, 13, na Globo.

Na entrevista, conduzida pela humorista Tatá Werneck, ele comentou algumas mudanças na vida após a doença. “Eu tive necessidade de cuidar de outros departamentos que eu achava que não cuidava, mas estavam bem; por exemplo, de cuidar mais de afetos, de relação com os amigos, de contemplar um pouco mais a vida”, contou.

“No começo, quando eu descobri que estava doente, eu tive medo, questionei se era a hora de ir embora. Mas é muito interessante esse lugar quando você pensa que pode morrer amanhã, porque o hoje muda de sentido”, adicionou o ator. “O grande mistério é aprender a amar.”

Gianecchini também contou que, quando descobriu que estava curado, a primeira coisa que fez foi tomar um banho de mar – e levou a mãe junto. “Eu falei para ela assim: ‘você estava comigo no perrengue, mas eu quero que você esteja comigo também na alegria'”, comentou.

A entrevista do ator para Tatá foi originalmente exibida em dezembro de 2018, no canal de TV por assinatura Multishow. Atualmente, a Rede Globo está reprisando episódios das temporadas do Lady Night nas noites de quinta-feira.

João Pedro Malar, estagiário sob supervisão de Charlise Morais
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário