No Piauí, há lei seca e feriado foi adiantado

De Redação Estadão | 15 de maio de 2020 | 07:13

Preocupado com o aumento de leitos de UTI ocupados por pacientes do novo coronavírus, o governo do Piauí resolveu adotar medidas mais rígidas para reduzir a circulação de pessoas. Além de antecipar para esta sexta-feira, 15, um feriado estadual que ocorreria em outubro, o Dia do Piauí, o governo proibiu a venda de bebidas alcoólicas no fim de semana, determinou o fechamento de supermercados no domingo e proibiu transporte intermunicipal durante o fim de semana prolongado. Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi), 46,2% dos 236 leitos de UTI estavam ocupados com pacientes da covid-19. Há 15 dias, eram apenas 31,9%. A Sesapi atribui o aumento à redução do índice de isolamento social. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Robert Pedrosa, especial para o Estado
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário