OMS: reinfecção por covid-19 não significa que vacina não funcionará

De Redação Estadão | 26 de agosto de 2020 | 13:18

Líder da resposta da OMS à pandemia, Maria Van Kerkhove afirmou nesta quarta-feira que o fato de haver ao menos um caso documentado de reinfecção por covid-19, em Hong Kong, não significa que as vacinas atualmente em elaboração não se mostrarão eficientes. Durante evento virtual de perguntas e respostas da entidade, Kerkhove lembrou que há pouquíssimos registros de pessoas que pegaram o vírus por duas vezes, diante do grande universo de já infectados pela doença. “Sabemos que reinfecção por covid-19 não é comum, mas é possível”, apontou.

Kerkhove disse, de qualquer modo, que podem surgir mais casos de reinfecção. Diante disso, ela comentou que é preciso que todos mantenham as medidas de prevenção de contágios, como o uso de máscaras, o distanciamento físico e a lavagem das mãos.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário