OMS vê País com tendência de estabilidade ou baixa da pandemia, mas com desafios

De Redação Estadão | 21 de agosto de 2020 | 13:19

O comando da Organização Mundial de Saúde (OMS) avaliou que o Brasil mostra um quadro de “estabilidade ou baixa” na pandemia da covid-19, mas alertou, durante entrevista coletiva, para os desafios ainda enfrentados pelo País. Diretor executivo da OMS, Michael Ryan notou que a situação brasileira se estabilizou em termos de casos semanais, mas ainda está em nível elevado, em cerca de 60 mil diários, com número também alto de mortes a cada dia.

Ryan afirmou que em várias áreas do Brasil existe uma “clara tendência de baixa” nos novos casos da doença, “mas ainda existem regiões nas quais ela é muito prevalente”. O diretor enfatizou que, agora, é importante o País atuar para reduzir mais essa tendência. “O Brasil ainda tem muito a fazer, mas o sistema de saúde está aguentando”, considerou. De acordo com Ryan, o caso brasileiro apresenta um “padrão claro”. “A questão agora é se ele pode ser sustentado em uma tendência de baixa”, comentou.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.