Onyx tuíta vídeo em apoio ao Itamaraty e diz que País não dá dinheiro a ditaduras

De Redação Estadão | 8 de janeiro de 2020 | 09:52

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, demonstrou apoio ao ministério das Relações Exteriores, pasta que tem sido alvo de críticas após emitir nota favorável à atuação dos Estados Unidos no conflito com o Irã. Em sua conta no Twitter, Lorenzoni postou um vídeo destacando feitos do Itamaraty e ainda afirmou que o Brasil é um país que respeita a liberdade.

“Não tem mais dinheiro pra ditadura e tiranete, o Brasil é um país que respeita a liberdade. Nossas relações são com as nações mais desenvolvidas do mundo, voltamos a ser protagonistas. Respeito resgatado, o mundo nos enxerga com outros olhos”, escreveu o ministro.

A nota emitida pelo Itamaraty sobre a tensão entre EUA e Irã provocou reação do governo iraniano, que convocou a representante brasileira em Teerã na última segunda-feira (6). O teor da conversa foi mantido em sigilo. Após reunião na terça-feira, 7, com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, reforçou que a posição do Brasil é a mesma da nota publicada. “A nota do Itamaraty já foi dada. A nossa posição é essa”, disse Azevedo e Silva.

Gabriel Caldeira
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.