Pelosi defende aumento dos pagamentos diretos do pacote fiscal para US$ 2.000

De Redação Estadão | 28 de dezembro de 2020 | 16:54

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, defendeu nesta segunda-feira, 28, um aumento de US$ 600 para US$ 2.000 no valor dos pagamentos individuais a cidadãos americanos previstos no novo pacote fiscal. O projeto de lei foi assinado pelo presidente americano, Donald Trump, na noite deste domingo, 27, depois de ter sugerido que poderia vetar a legislação, justamente por defender um montante maior para os benefícios.

“A escolha hoje é ajudar os trabalhadores e suas famílias em toda a América que estão lutando para sobreviver a esta pandemia ou impedir que essa ajuda chegue às pessoas”, escreveu Pelosi em sua conta oficial no Twitter. A democrata compartilhou na rede social uma notícia da ABC News sobre a possível votação de um projeto na Câmara, ainda hoje, para elevar o valor dos benefícios a US$ 2.000 por pessoa.

Iander Porcella
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.