Pence pressiona por reabertura de escolas e promete desacelerar covid-19

De Redação Estadão | 8 de julho de 2020 | 13:32

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, ecoou as palavras do dia anterior do presidente Donald Trump e defendeu nesta quarta-feira, 8, a reabertura das escolas. Segundo Pence, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) divulgará diretrizes atualizadas na próxima semana para garantir uma reabertura segura das instituições de ensino.

“É absolutamente essencial que nossas crianças voltem às aulas presenciais”, argumentou Pence, durante entrevista coletiva da força tarefa do governo americano para enfrentar a pandemia. Segundo Pence, que é o diretor dessa força tarefa, o retorno é importante obviamente para garantir o aprendizado, mas também por questões como a nutrição e a segurança das crianças e também sua saúde mental. “Estamos absolutamente determinados em trabalhar em parceria com os Estados para reabrir com segurança as escolas”, assegurou. Trump tem afirmado que a reabertura das escolas deve ocorrer no outono local, que começa em meados de setembro.

Pence ainda comemorou o fato de que os EUA passam por uma reabertura econômica. Segundo ele, o relatório mensal de empregos (payroll) divulgado na semana passada “fala por si” sobre a recuperação da atividade. Ele ainda mostrou otimismo sobre a possibilidade de que os EUA voltem a conter o avanço dos casos do novo coronavírus. “Desaceleramos a disseminação da covid antes e faremos isso de novo”, prometeu, pedindo que “todos façam sua parte”. Ele ainda defendeu o uso de máscaras, embora o próprio vice-presidente não estivesse com uma durante suas declarações.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.