Pentágono confirma que Casa Branca tentou esconder navio com nome de McCain

De Redação Estadão | 3 de junho de 2019 | 06:05

O chefe do Pentágono confirmou neste domingo, dia 2, que a Casa Branca tentou esconder um navio de guerra que tem o nome do falecido senador John McCain, durante uma visita de Trump ao Japão, como relatado na semana passada pela imprensa americana. Mick Mulvaney, afirmou que o pedido provavelmente foi feito por alguém do entorno do presidente, mas que ninguém seria demitido por isso. Senador republicano, McCain era rival de Trump e morreu em agosto de 2018.

Após a declaração de Mulvaney, o secretário de Defesa americano, Patrick Shanahan, declarou que o gabinete do presidente tinha contactado a 7ª Frota americana, estabelecida no Japão, para transmitir a ordem, mas que a “diretiva não foi cumprida”. (Com agências internacionais).