PIB da zona do euro sofre contração de 3,8% no 1º trimestre, confirma Eurostat

De Redação Estadão | 15 de maio de 2020 | 06:21

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro encolheu 3,8% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre de 2019, sofrendo a maior contração numa série histórica iniciada em 1995, em meio ao impacto da pandemia do novo coronavírus, segundo revisão divulgada hoje pela agência oficial de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado confirmou estimativa preliminar e veio em linha com a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB do bloco recuou 3,2% entre janeiro e março. Neste caso, a primeira estimativa da Eurostat – publicada no fim de abril – havia sido de queda um pouco maior, de 3,3%.

Em termos anualizados, a economia da zona do euro registrou um tombo de 14,2% no primeiro trimestre, um pouco menor do que o declínio de 14,4% calculado inicialmente pelo órgão de estatísticas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário