PIB: País melhora, mas só é o 43º entre 54 países

De Redação Estadão | 4 de dezembro de 2019 | 07:02

O crescimento de 1,2% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no terceiro trimestre de 2019 ante o mesmo trimestre de 2018, divulgado ontem pelo IBGE, fez o País figurar na 43ª posição num ranking internacional de desempenho da atividade econômica com 54 países, compilado pela agência de classificação de risco Austin Rating.

O resultado representa uma melhora, tendo em vista que o Brasil vinha com dificuldades de abandonar os últimos lugares da lista em edições anteriores.

A liderança do ranking foi ocupada pela economia da Armênia (7,9%), seguida por Filipinas (6,2%) e China (6,0%). Os Estados Unidos ficaram em 29º lugar, com avanço de 2,1% no PIB. A Rússia foi o 34º colocado, com crescimento de 1,7%. Os três locais com resultados negativos no ranking da Austin foram Islândia (-0,1%), México (-0,3%) e Hong Kong (-2,9%).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Daniela Amorim, Mariana Durão e Vinicius Neder
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.