Pliskova perde na 3ª rodada em Paris e garante Osaka no topo do ranking

De Redação Estadão | 31 de maio de 2019 | 07:55

Ainda em busca do seu primeiro título de Grand Slam da carreira, a tenista checa Karolina Pliskova voltou a decepcionar num torneio deste nível, nesta sexta-feira, em Roland Garros. A atual número dois do mundo foi eliminada pela croata Petra Martic por 2 sets a 0, com duplo 6/3, em 1h25min.

O resultado adiou o sonho da ex-número 1 do mundo em levantar um troféu de Grand Slam. E, ao mesmo tempo, favoreceu a japonesa Naomi Osaka. Somente Pliskova poderia derrubar a rival do topo do ranking ao fim de Roland Garros. Com a derrota da rival, Osaka se garantiu na posição de número 1 por mais algumas semanas.

Exibindo postura mais agressiva, Pliskova não conseguiu resistir à 31ª do mundo nesta sexta. A favorita sofreu cinco quebras de saque ao longo dos dois sets, e obteve apenas duas. Além disso, cometeu 28 erros não forçados, exatamente o dobro do registrado pela rival. Arriscando mais, anotou 23 bolas vencedoras, contra 14 da croata.

Nas oitavas de final em Paris pela terceira vez na carreira, Martic sonha com a vaga em sua primeira fase de quartas em um Grand Slam. Sua próxima adversária sairá do confronto entre a estoniana Kaia Kanepi e a russa Veronika Kudermetova.

A rodada desta sexta na chave feminina também reservou um grande duelo entre a letã Anastasija Sevastova (12ª cabeça de chave) e a belga Elise Mertens (20ª). Em uma batalha de 3h18min de duração, Sevastova venceu após salvar cinco match points, pelo placar de 6/7 (3/7), 6/4 e 11/9. Somente a última parcial durou 1h41min.

Na sequência, a tenista da Letônia vai enfrentar a checa Marketa Vondrousova, responsável por eliminar a espanhola Carla Suárez-Navarro (28ª) por duplo 6/4.

Se Sevastova suou bastante para avançar às oitavas de final, a norte-americana Sofia Kenin sequer precisou entrar em quadra. A fácil classificação se deveu à desistência da canadense Bianca Vanessa Andreescu, uma das surpresas da temporada, antes do duelo. Kenin será a próxima rival da compatriota Serena Williams.

Madison Keys foi outra americana a garantir seu lugar nas oitavas. A 14ª cabeça de chave derrotou a australiana Priscilla Hon por 7/5, 5/7 e 6/3. Ela duelará agora com a russa Anna Blinkova.

Já a ucraniana Lesia Tsurenko terá uma rival mais complicada pela frente. A 27ª cabeça de chave vai encarar a romena Simona Halep, número três do mundo e atual campeã em Paris, após eliminar a sérvia Aleksandra Krunic por 5/7, 7/5 e 11/9.