Polícia indicia 5 pessoas que tentaram impedir missa no Dia da Consciência Negra

De Redação Estadão | 19 de novembro de 2020 | 14:57

A Polícia Civil do Rio indiciou cinco pessoas pelos crimes de intolerância religiosa e racismo. No ano passado, o grupo tentou impedir uma missa em comemoração ao Dia da Consciência Negra na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, na Glória, bairro da zona sul do Rio. O padre que comandava a cerimônia quase foi agredido.

O caso foi investigado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). Segundo as testemunhas, na ocasião o grupo entrou na igreja, procurou o padre e disse que a celebração não poderia acontecer, “uma vez que havia elementos afro-brasileiros na liturgia”.

Ainda segundo as testemunhas, integrantes do grupo acusado chegaram a rezar em latim em voz alta, impediram o padre de realizar o rito e um deles tentou agredir o religioso.

Os acusados foram indiciados pelos crimes de intolerância religiosa e racismo. Além disso, um deles vai responder por “vias de fato”, já que tentou agredir o padre.

Marcio Dolzan
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário