Ponte Preta derrota Avaí na Ressacada e dorme na liderança da Série B

De Redação Estadão | 11 de setembro de 2020 | 21:23

A Ponte Preta venceu mais uma partida na Série B do Campeonato Brasileiro e assumiu a liderança provisória da competição. Mesmo desfalcado, o time de Campinas bateu o Avaí por 1 a 0, no estádio da Ressacada, nesta sexta-feira, pela nona rodada.

Com a vitória, a Ponte Preta chega aos 17 pontos em nove jogos disputados, assumindo a liderança porque tem mais gols marcados do que o Paraná: 14 a 11. Os dois têm cinco vitórias e quatro gols de saldo. O Avaí, com nove pontos, é o 11º colocado, mas tem um jogo a menos do que os líderes. Mesmo assim, já está com sete pontos a menos do que a Chapecoense, atual quarta colocada.

O primeiro tempo não teve muitos lances de perigo, com os times se estudando e evitando se expor demais aos contra-ataques. Com um vento muito forte na Ressacada, o ataque da Ponte Preta era prejudicado e alguns chutes perdiam força, facilitando o trabalho do goleiro Lucas Frigeri.

Na segunda etapa, o visitante voltou mais incisivo e abriu o placar aos nove minutos. Pedro Castro derrubou Moisés dentro da área e o árbitro goiano Jefferson Ferreira de Moraes marcou pênalti, que João Paulo cobrou com tranquilidade para as redes. Ele deslocou o goleiro.

O Avaí ainda tentou responder no final, mas não conseguia se infiltrar na defesa adversária. Na melhor chance do time da casa, Daniel Amorim bateu forte de dentro da área, mas o goleiro Ivan fez linda defesa e garantiu a vitória paulista.

Agora o Avaí volta a campo na próxima terça-feira, em partida atrasada da segunda rodada da Série B, contra o Confiança, no Batistão, em Aracaju (SE). Na quarta-feira, a Ponte Preta encara o América-MG, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela quarta fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 0 x 1 PONTE PRETA

AVAÍ – Lucas Frigeri; Arnaldo (Lourenço), Rafael Pereira, Betão (Victor Salinas) e Leonan; Pedro Castro, Ralf (Adryan), Jean e Valdívia (Rildo); Kelvin (Vinícius Jaú) e Daniel Amorim. Técnico: Geninho.

PONTE PRETA – Ivan; Apodi, Alisson, Wellington Carvalho e Guilherme Lazaroni; Dawhan, Luís Oyama (Bruno Reis) e João Paulo; Moisés (Luan Dias), Matheus Peixoto (Osman) e Bruno Rodrigues (Guilherme Pato). Técnico: João Brigatti.

GOL – João Paulo, aos 9 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Leonan e Jean (Avaí); Bruno Rodrigues (Ponte Preta).

ÁRBITRO – Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário