População é extorquida, diz relatório da ONU sobre Coreia do Norte

De Redação Estadão | 29 de maio de 2019 | 03:10

Os norte-coreanos estão sendo obrigados a pagar subornos para sobreviver no país isolado, onde a corrupção é “endêmica” e a repressão é ampla, disse na terça-feira, 28, o escritório de direitos humanos da ONU em um relatório que o governo da Coreia do Norte rejeitou dizendo ter motivação política.

O relatório afirma que autoridades extorquem dinheiro de uma população que luta para pagar as contas, ameaçando com detenções e processos, em especial os que trabalham na economia informal. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.