Próxima Copa da Inglaterra descarta repetição de jogos e terá prorrogação

De Redação Estadão | 13 de agosto de 2020 | 10:35

A pandemia da covid-19 continua a provocar alterações no calendário do futebol inglês. Nesta quinta-feira, a Associação de Futebol anunciou que os “replays” da Copa da Inglaterra na próxima temporada foram cancelados “para ajudar a aliviar a pressão” do congestionado cronograma do futebol.

Tradicionalmente, quando uma partida da Copa da Inglaterra termina empatada, é realizado um novo confronto, na casa do time que foi mandante no primeiro jogo. Na temporada 2020/2021, porém, a definição, em caso de igualdade, se dará na prorrogação, seguida por pênaltis.

A Copa da Liga Inglesa também passará por ajustes. As semifinais, que tradicionalmente ocorrem em dois confrontos, acontecerão em uma partida única, em janeiro. E, além disso, as quatro primeiras fases do torneio acontecerão em semanas consecutivas durante o mês de setembro.

O Campeonato Inglês, previsto para ser iniciado em 12 de setembro, por sua vez, não terá partidas no meio da semana até dezembro. Isso porque essas datas serão de uso exclusivo das competições de clubes e seleções da Uefa.

Aliás, as equipes do Campeonato Inglês entrarão na Copa da Liga na segunda ou terceira fase, ou seja, ainda em setembro, deixando o calendário ainda mais apertado para os clubes participantes de competições europeias. O Tottenham, por exemplo, jogará a Liga Europeia no mesmo mês.

As duas equipes de Manchester, City e United, ainda participam da Liga dos Campeões e da Liga Europa, respectivamente, nesta temporada. Essas duas competições serão encerradas no final de agosto. Portanto, os dois clubes terão algumas semanas de descanso antes do início do Campeonato Inglês, previsto para ser encerrado no dia 23 de maio de 2021.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário