Reforma Administrativa precisa de comprometimento do governo, diz Baleia Rossi

De Redação Estadão | 28 de janeiro de 2021 | 10:53

O candidato à presidência da Câmara Baleia Rossi (MDB-SP) defendeu na manhã desta quinta-feira, 28, maior comprometimento do governo federal para o andamento da reforma administrativa. “Claro que a reforma administrativa depende muito do envolvimento e do comprometimento do governo. Sem que haja uma defesa pública e objetiva do próprio presidente da República é muito difícil uma reforma administrativa avançar na Casa”, afirmou durante entrevista promovida pela Frente Parlamentar Ética Contra a Corrupção (FECC).

Rossi é favorável a uma proposta que tire a concentração dos que “ganham muito em detrimento do todo” e que viabilize as ações do governo em áreas como Saúde e Educação. “A reforma administrativa não pode ser para parte da administração, tem de ser para o todo”, disse.

Dentre os temas listados como prioridades por Baleia, ele destacou a reforma tributária. Ele é o autor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 45, que tramita no Congresso. Para o deputado, a proposta pode melhorar o ambiente econômico. Baleia disse que a simplificação do sistema tributário poderia ter evitado a saída da Ford do Brasil.

Baleia Rossi defendeu ainda uma reforma política e partidária. “Também entendo que deverá ser prioritária na Câmara”, disse. “Esse é um assunto que merece dedicação grande de todos os deputados. Podemos implementar uma comissão especial para debater esse tema”, afirmou.

O deputado foi questionado também sobre a regulamentação do lobby. “É mais do que urgente a regulamentação”, disse. “Dá transparência! Se você tem atitudes republicanas, deve debater todas as matérias com toda a sociedade e para que isso ocorra da forma mais transparente possível deve acontecer pela regulamentação do lobby”, afirmou o deputado.

Camila Turtelli e Pedro Caramuru
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.