Roberto Martínez renova contrato e segue no comando da Bélgica até a Copa de 2022

De Redação Estadão | 20 de maio de 2020 | 10:07

O bom desempenho da Bélgica nos últimos anos, inclusive com o terceiro lugar na Copa do Mundo de 2018, rendeu frutos para o treinador Roberto Martínez. Nesta quarta-feira, a Real Associação Belga de Futebol (RBFA, na sigla em francês) anunciou a renovação de contrato com o espanhol até o final do Mundial de 2022, que será disputado no Catar.

“Os próximos dois anos e meio serão cheios para a nossa seleção nacional com a Eurocopa, Liga das Nações, qualificação para o Mundial e o próprio Mundial. Só posso estar extremamente feliz e orgulhoso de poder continuar a trabalhar e preparar o futuro do futebol belga”, apontou Martínez na hora da assinatura do novo contrato.

O treinador de 46 anos comanda a Bélgica desde agosto de 2016, tendo levado a seleção, líder do ranking da Fifa, ao seu melhor desempenho em uma Copa do Mundo com o terceiro lugar na Rússia ao bater a Inglaterra por 2 a 0. Nesta competição, eliminou o Brasil nas quartas de final e caiu para a campeã França na semi.

Foram 31 jogos oficiais até o momento – sendo 28 vitórias, um empate e apenas duas derrotas. Ao todo, contando amistosos, são 43 partidas com 34 triunfos, seis empates e três resultados negativos, além de 134 gols marcados e 33 sofridos.

Como técnico, o espanhol iniciou a carreira em 2007 no Swansea City, time do País de Gales que disputa o Campeonato Inglês. Em terras britânicas também trabalhou no Wigan Athletic e no Everton, último clubes antes de assumir a seleção da Bélgica em substituição a Marc Wilmots, que tinha levado a equipe nacional às quartas de final da Eurocopa de 2016.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário