Rollo anuncia demissões e indica nomes para o Comitê de Transição no Santos

De Redação Estadão | 6 de outubro de 2020 | 13:54

Presidente interino do Santos há uma semana, Orlando Rollo anunciou, nesta terça-feira, a tomada de duas atitudes no clube: o desligamento de funcionários da área administrativa, sem especificar a quantidade de pessoas envolvidas, e a indicação de nomes para a criação de um Comitê de Transição.

Segundo nota publicada pelo clube em suas redes sociais, as demissões foram feitas “após avaliação e buscando as melhores práticas de gestão e sempre de forma transparente”. O trabalho foi feito pelo novo superintendente administrativo e de finanças, Luiz Eduardo Silveira, contratado por Rollo.

Rollo aproveitou e apresentou os indicados para o Comitê de Transição do Santos. Segundo o comunicado, o comitê foi criado para que “todos os possíveis candidatos acompanhem tudo que acontece internamente no Santos FC, de forma transparente, para que possam ter todas as informações necessárias para quem assumir o comando a partir de 1º de janeiro de 2021”.

O presidente José Carlos Peres está afastado desde o dia 28, quando o Conselho Deliberativo do Santos aprovou o parecer da CIS (Comissão de Inquérito e Sindicância) do clube e abriu processo de impeachment.

Sem direito a apelação, Peres não pode exercer qualquer função no clube até a finalização do processo. Na votação do Conselho, feita de forma virtual e sem a presença de Peres, foram 161 votos favoráveis ao impeachment, seis contrários e nove abstenções.

Algumas das causas que levaram ao impeachment de Peres foram as reprovações nas contas do clube de 2019 e 2018 (nesta última, com déficit de R$ 77 milhões). O ano de 2020 já registrou um novo déficit de mais de R$ 40 milhões no primeiro semestre.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário