Santos usa titulares diante do Goiás por ritmo à decisão da Libertadores

De Redação Estadão | 23 de janeiro de 2021 | 14:49

Depois de dar descanso a seus titulares na derrota para o Fortaleza, por 2 a 0, no meio de semana, o técnico Cuca volta a escalar o que tem de melhor no Santos neste domingo, contra o Goiás, na Vila Belmiro. A intenção do treinador é dar ritmo de jogo à equipe que disputará a final da Libertadores diante do Palmeiras, dia 30, no Maracanã.

Depois de mistério sobre qual seria o goleiro escolhido para a grande decisão, parece que John Victor ganhou a concorrência com João Paulo e Vladimir. Ele foi o escolhido para encarar o Goiás. Na terça-feira, em visita ao Atlético-MG, novamente pelo Brasileirão, a escalação será reserva.

Se recuperando da covid-19 e correndo contra o tempo para estar apto a encarar o Palmeiras na grande decisão, o volante Alison pode aparecer diante do Goiás. Mas Sandry está de sobreaviso.

Utilizados em Fortaleza “por necessidade”, o lateral-esquerdo Felipe Jonatan e o meia-atacante Lucas Braga podem ser preservados. Cuca deixou aberta a possibilidade após justificar a utilização da dupla no Castelão. Quer todos inteiros e não correrá riscos desnecessários.

Felipe Jonatan só atuou por causa de um desconforto que Wagner Leonardo acusou no aquecimento, no Castelão. O jovem já está recuperado e deve ser utilizado. Arthur Gomes pode ser escalado na vaga do titular do setor ofensivo.

A dupla de defesa titular com Luan Peres e Lucas Veríssimo também está de volta. Assim, o possível Santos que encara o Goiás deve ter John Victor; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Wagner Leonardo; Alison (Sandry), Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Arthur Gomes e Kaio Jorge.

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.