São Paulo só empata com o Coritiba e mantém jejum de vitórias

De Redação Estadão | 4 de outubro de 2020 | 18:24

Em mais uma atuação com pouca inspiração e mostrando um futebol sem evolução, o São Paulo ficou no empate por 1 a 1 com o Coritiba, completou sete jogos consecutivos sem vencer e aumentou a pressão em cima do trabalho do técnico Fernando Diniz.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 20 pontos e saiu do G-4. Já o Coxa soma 12 pontos e permanece na zona de rebaixamento. O empate acabou sendo justo, já que ambas equipes não apresentaram um bom futebol. O melhor lance do jogo foi o belo gol marcado pelo Coxa, em cobrança de falta de Robson.

No primeiro tempo, o Coritiba basicamente fez o gol e mostrou uma disciplina tática muito grande para evitar o empate. Logo aos 5 minutos, Robson acertou uma cobrança de falta e abriu o placar. A partir daí, só o São Paulo ficou com a bola, mas em uma pressão desorganizada. Muitos erros de passes e cruzamentos e poucas finalizações certeiras.

Em uma delas, Luciano chegou a marcar o gol, mas o árbitro pegou impedimento na jogada, que começou com Pablo. A única real oportunidade de gol do time tricolor foi aos 37 minutos, quando Luciano cruzou para Gabriel Sara chutar para fora.

No segundo tempo, Diniz decidiu apostar em Brenner e Vitor Bueno nos lugares de Tchê Tche e Pablo, para tentar fazer o São Paulo mudar de postura. Mas o cenário do jogo pouco mudou. O time paulista continuou tendo a bola no pé, mas sem saber o que fazer com ela, com enorme dificuldade para criar jogadas. Aos 14, Brenner chegou a marcar um gol, mas o lance foi anulado, por impedimento.

Já o Coritiba não sabia aproveitar a instabilidade do adversário e deixava passar diversas oportunidades de contra-atacar e matar o jogo. Até que aos 22, Daniel Alves cobrou falta, a bola bateu no braço do jogador do Coritiba e o árbitro marcou pênalti. No minuto seguinte, Reinaldo bateu a penalidade e deixou tudo igual.

Aos 26, Daniel Alves acertou um belo chute de fora da área e quase marcou um golaço, mas Wilson fez grande defesa no último lance que teve emoção na partida. Os minutos finais foram de dois times que apostaram nos chutões para frente, sem qualquer organização e o empate acabou ficando de bom tamanho para ambos.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1 X 1 SÃO PAULO

CORITIBA – Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura (Neilton), Ramón Martínez (Matheus Bueno), Matheus Sales e Guilherme Biro (Luiz Henrique) e Gabriel (Pablo Thomaz); Robson. Técnico: Jorginho

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Diego, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê (Brenner), Daniel Alves e Igor Gomes (Toró); Gabriel Sara, Pablo (Vitor Bueno) e Luciano (Tréllez). Técnico: Fernando Diniz

GOLS – Robson, aos 5 minutos do 1º Tempo; e Reinaldo, aos 23 minutos do 2º Tempo

CARTÕES AMARELOS – Juanfran, Robson, Luciano, Gabriel Sara e Hugo Moura

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

LOCAL – Couto Pereira, em Curitiba

Daniel Batista
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário