Senado inicia votação sobre MP da reforma administrativa

De Redação Estadão | 28 de maio de 2019 | 18:10

O Senado começou a votação da reforma administrativa que reorganiza a estrutura do governo do presidente Jair Bolsonaro. Como o Broadcast Político antecipou, a liderança do governo desencadeou uma estratégia regimental para votar a reforma administrativa devolvendo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) ao Ministério da Economia, conforme a Câmara aprovou.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), pediu uma verificação nominal do texto-base da reforma administrativa que a Câmara votou, com o Coaf na Economia – abrindo painel para registro e exibição dos votos dos parlamentares. Para que o órgão continue com a pasta do ministro da Justiça, Sergio Moro, uma segunda votação precisa ser feita. Mas, de acordo com um item do regimento interno, é necessário um intervalo de uma hora entre um pedido de verificação nominal e outro. A manobra, acreditam senadores, arrastaria a sessão e inviabilizaria uma votação sobre o Coaf com Moro, deixando aprovado o texto da Câmara.

Reagindo à estratégia, o PSD orientou a bancada a rejeitar todo o texto da reforma administrativa aprovado pela Câmara.