SP mantém média diária de mortes por covid-19 abaixo de 100

De Redação Estadão | 5 de novembro de 2020 | 15:55

O Estado de São Paulo manteve uma média diária de mortes pela covid-19 inferior aos 100 óbitos, índice semelhante ao registrado em abril. De acordo com dados apresentados pela Secretaria Estadual da Saúde em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 5, referentes à semana epidemiológica 45, o índice é de 85 pessoas mortas por dia pela doença. Os números ainda são parciais, porque a semana se encerra no sábado, mas indicam tendência de queda. De acordo com a pasta, também houve queda de 14% nas internações e 50% nos casos confirmados.

“Estamos com indicadores que nos remetem ao primeiro momento da pandemia, entre março e abril. Aqui, em São Paulo, a pandemia está sob controle”, frisou o governador João Doria (PSDB).

Na coletiva, o governador também comentou o recorde recém-atingido pelos Estados Unidos, que registrou mais de 107 mil infecções apenas em um único dia. “Como comparação, no pior momento em julho deste ano, o Brasil teve 69 mil casos”, afirmou. De acordo com ele, o País ainda não está passando por uma segunda onda de infecções, como a que se espalha pela Europa, mas o momento é de atenção e cuidado.

“Relatos recentes indicam que estão se intensificando casos de contaminação a partir de encontros sociais”, alertou Doria, citando reuniões na casa de conhecidos, visitas a parentes, encontros em bares, calçadões de praia. A preocupação foi reforçada pela equipe do Centro de Contingência da Covid-19, que não descarta a hipótese de alterar flexibilizações do Plano São Paulo, caso o Estado venha a ter altas nos números.

“Não podemos esquecer que ainda estamos no meio da pandemia e em quarentena. As pessoas perderam o medo que elas tinham no passado”, reforçou Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado, afirmando que as decisões tomadas serão “amparadas nos índices”. João Gabbardo, coordenador do Centro, complementou: “Mesmo que os indicadores de São Paulo não apontem para essa tendência, precisamos ser mais cautelosos. Precisamos olhar melhor para não sermos pegos de surpresa no Estado e no Brasil. A partir de agora, os cuidados devem ser redobrados”.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 168 óbitos e 2.637 novas infecções pela covid-19 no Estado. Ao todo, São Paulo já contabiliza 39.717 pessoas mortas e outras 1.125.936 infectadas pela doença.

João Ker
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário