Suga é eleito líder partidário e deverá ser o novo premiê do Japão

De Redação Estadão | 14 de setembro de 2020 | 03:49

O Partido Liberal Democrata (PLD) do Japão elegeu nesta segunda-feira, 14, Yoshihide Suga, um assessor do primeiro-ministro Shinzo Abe, como seu novo presidente. A vitória de Suga assegura sua eleição como sucessor de Abe, em votação a ser realizada pelo Parlamento do país na quarta-feira, 16.

Na votação, Suga obteve 337 votos, de 534 no total. Outros 89 votos foram para o ex-ministro das Relações Exteriores Fumio Kishida e 68 foram para o ex-ministro da Defesa Shigeru Ishiba.

Suga disse que suas principais prioridades são lutar contra o novo coronavírus e recuperar a economia, atingida pela pandemia. Apesar da imagem discreta como braço direito de Abe, Suga é conhecido por seu punho de ferro.

Abe, que anunciou no mês passado o plano de deixar o cargo de primeiro-ministro, por motivos de saúde, deverá renunciar formalmente na quarta. Com isso, o Parlamento se reunirá para escolher seu sucessor. Como o PLD controla a maioria da Câmara, que seleciona o primeiro-ministro, Suga, o novo líder do PLD, tem a garantia da vitória.

Contato: [email protected]

Isadora Duarte, com agências internacionais
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário