Taxas futuras de juros sobem com dólar, fiscal e antes de leilão do Tesouro

De Redação Estadão | 7 de janeiro de 2021 | 09:49

Como era esperado, os juros futuros operam em alta nesta manhã de quinta-feira, 7, alinhados ao avanço do dólar ante o real e expectativa com o primeiro leilão do Tesouro de LTN, NTN-F e LFT do ano (11h). Além disso, há a preocupação com o risco fiscal em meio à nota técnica da Consultoria de Orçamento e Fiscalização da Câmara dos Deputados sugerindo flexibilizar o teto de gastos e após o deputado Baleia Rossi, candidato à presidência da Câmara, defender a volta do auxílio emergencial. Às 9h10, o DI para janeiro de 2027 estava em 6,75%, de 6,70% no ajuste de quarta-feira. O DI para janeiro de 2023 marcava mínima de 4,47%, de 4,42%, enquanto o vencimento para janeiro de 2022 exibia mínima de 2,98%, de 2,95% no ajuste anterior. O dólar à vista subia 0,60% neste mesmo horário, a R$ 5,3344.

Luciana Xavier
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.