Três filmes nacionais serão exibidos no festival de Roterdã em 2020

De Redação Estadão | 18 de dezembro de 2019 | 16:47

Duas produções nacionais estão confirmadas para integrar a programação do Festival International de Cinema de Roterdã, que chega à 49ª edição em janeiro de 2020. Mosquito, dirigido por João Nuno Pinto, foi selecionado para o Big Screen Competition 2020 do evento e abre o festival.

O filme acompanha Zacarias, um jovem português sedento por viver grandes aventuras heroicas durante a Primeira Guerra Mundial. Enviado para Moçambique, onde o conflito se desenrola longe dos olhares do mundo, o jovem soldado é deixado para trás pelo seu pelotão. O elenco conta com João Nunes Monteiro, João Lagarto, Filipe Duarte e Josefina Massango.

Um Animal Amarelo, de Felipe Bragança, é uma coprodução entre Brasil e Portugal e também está na programação do evento. O filme conta a história de Fernando (Higor Campagnaro), cineasta sem dinheiro que decide abandonar o Brasil para morar em Moçambique.

Já Desterro, de Maria Clara Escobar, foi selecionado para a categoria Tiger Awards Competition do festival. O filme retrata uma mulher e o que se passa dentro dela, que divide as mesmas sensações com um homem. O elenco é composto por Carla Kinzo e Otto Jr. e conta ainda com a participações de atrizes importantes do cinema nacional, como Georgette Fadel.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.