UE e China fecham acordo bilateral para defender produto com indicação geográfica

De Redação Estadão | 14 de setembro de 2020 | 09:55

A União Europeia e a China assinaram nesta segunda-feira (14) um acordo bilateral para proteger os chamados produtos de indicação geográfica (IG) – aqueles que vêm de uma localidade específica e têm sua qualidade reconhecida pela origem. O acordo deve entrar em vigor em 2021, após aprovação do Parlamento Europeu.

A lista traz 100 produtos de IG de cada parte. Pelo lado europeu, o tratado inclui produtos como Champagne e Prosciutto di Parma. Pelo lado chinês, integram a lista Pixian Dou Ban (pasta de feijão Pixian) e Anji Bai Cha (chá branco Anji).

“Os produtos europeus de IG são conhecidos pela sua qualidade e diversidade. É importante protegê-los”, afirmou hoje, em nota, Comissário da UE para Agricultura e Desenvolvimento Rural, Janusz Wojciechowski.

Eduardo Gayer
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário