UPAs e hospitais recebem pulverização em áreas externas

De Daniela Borsuk | 26 de março de 2020 | 10:33
(Foto: Pedro Ribas/ SMCS)

Para conter a disseminação do coronavírus, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente deu início, na quarta-feira (25), a um reforço da limpeza urbana nos acessos a Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais públicos de Curitiba. Esses locais recebem grande circulação de pessoas. 

Os primeiros pontos atendidos foram a UPA Pinheirinho, a UPA Sítio Cercado, o Hospital Municipal do Idoso e o Hospital do Trabalhador. De acordo com o diretor do Departamento de Limpeza Pública, Edélcio Marques dos Reis, as prioridades e periodicidade do trabalho serão definidas em conjunto com Secretaria Municipal da Saúde. 

“Essa ação se soma a todas as medidas já adotadas pela Prefeitura de Curitiba e continua enquanto as autoridades sanitárias julgarem conveniente”, informou o diretor.

Estrutura

Funcionários foram remanejados para a formação de duas equipes, cada uma com dez pessoas. Eles usam pulverizadores costais com hipoclorito de sódio e peróxido de hidrogênio para fazer a higienização de pontos de contato – grades, postes, guarda-corpos externos, pisos – e ajudar a reduzir a velocidade de circulação de agentes infecciosos. 

“A partir de amanhã, vamos contar com o reforço de caminhões-pipa para melhorar a efetividade em locais mais amplos”, completou o diretor. 

Curitiba contra o coronavírus

Chamado de ação de assepsia urbana pelo prefeito Rafael Greca, o trabalho de pulverização busca contribuir com o enfrentamento ao novo coronavírus. Em transmissão ao vivo pelo Facebook com a secretária da Saúde, Márcia Huçulak, o prefeito anunciou o início do serviço e destacou o uso de peróxido de hidrogênio a 3%, uma doação da empresa Peróxidos do Brasil.

Colaboração Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário