Vendas do varejo caem 2,0% no 1º trimestre ante 4º tri de 2019, diz IBGE

De Redação Estadão | 13 de maio de 2020 | 10:52

As vendas do comércio varejista recuaram 2,0% no primeiro trimestre de 2020 em relação ao quarto trimestre do ano passado, divulgou nesta quarta-feira, 13, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi o pior na série trimestral desde o primeiro trimestre de 2016, quando as vendas caíram 2,7%.

A queda no primeiro trimestre deste ano em relação ao último do ano passado foi mais branda do que indicava a mediana das projeções, de -2,70%. O resultado veio dentro do intervalo das estimativas do mercado financeiro (de -6,10% a -0,30%) captadas pelo Projeções Broadcast.

Na comparação com o primeiro trimestre de 2019, o volume vendido cresceu 1,6% no primeiro trimestre de 2020. A alta também veio melhor do que a mediana das projeções, (+1,1%) coletadas. Nessa base de comparação, os economistas estavam bem divididos. As estimativas iam de uma queda de 3% a uma alta de 3,5%.

Varejo ampliado

No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, as vendas diminuíram 4,4% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre de 2019, o pior desempenho desde o quarto trimestre de 2008, quando despencou 27,3%. Esse resultado veio exatamente igual à mediana das previsões, calculada pelo Projeções Broadcast a partir das estimativas que iam de queda de 7,2% a recuo de 2,2%.

Na comparação com o primeiro trimestre de 2019, as vendas do varejo ampliado ficaram estáveis (0,0%) no primeiro trimestre deste ano. Esse resultado veio levemente abaixo da mediana da projeções (+0,1%) mas dentro do intervalo das estimativas, que iam de queda de 5% a alta de 1,3%.

Daniela Amorim
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário