Vendas na 1ª quinzena são 5,8% menores ante igual período de 2019, diz ACSP

De Redação Estadão | 17 de novembro de 2020 | 14:23

A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) estima que, no comércio paulista, a primeira quinzena de novembro tenha apresentado queda de 5,8% em relação às vendas registradas em igual período de 2019. Os dados são da prévia do Balanço de Vendas, indicador da associação com base nos dados fornecidos pela Boa Vista. A perspectiva da ACSP é encerrar o ano nos mesmos patamares de 2019.

A recuperação econômica gradativa se iniciou em junho, quando as medidas de flexibilização começaram a valer para o comércio. Desde o sexto mês deste ano, as perdas em relação ao ano passado tem diminuído.

A queda foi de 54,9% naquele mês, 47,7% em julho, 33,6% em agosto, 14,6% em setembro e 9,2% em outubro. No auge da crise causada pela pandemia do novo coronavírus, em maio, o comércio paulista vendeu 67% a menos do que no mesmo período de 2019.

“Em outubro as vendas para o Dia das Crianças ajudaram a reduzir as perdas acumuladas até agora. Nesta primeira quinzena de novembro, embora o resultado demonstre tendência de elevação, ainda não é possível projetá-lo”, analisou o economista da ACSP, Marcel Solimeo.

Ainda assim, segundo Solimeo, há expectativa de que a Black Friday incremente o resultado do varejo, principalmente nas lojas online.

Talita Nascimento
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário