Venezuela surpreende Chile e fatura a 1ª vitória nas Eliminatórias

De Redação Estadão | 17 de novembro de 2020 | 20:04

A Venezuela enfim conquistou sua primeira vitórias nestas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. Jogando em Caracas, no estádio Olímpico, o time venezuelano derrotou o Chile por 2 a 1, nesta terça-feira, pela quarta rodada, e reagiu na tabela da competição.

Após começar a rodada na penúltima posição, a Venezuela obteve seus primeiros três pontos e agora figura na provisória oitava colocação – o Peru pode retomar a posição ainda nesta terça. Já o Chile é o sexto colocado, fora da zona de classificação, com quatro pontos. A liderança segue com o Brasil, com nove pontos. A seleção enfrentará o Uruguai ainda nesta noite,

Vindo de três derrotas, a Venezuela surpreendeu no primeiro tempo ao partir para cima do Chile e mostrou uma postura ofensiva, ainda não vista nestas Eliminatórias. A pressão pegou os chilenos de surpresa e deu certo. Aos 9 minutos, Machís cobrou falta na área, Herrera escorou de cabeça e Mago completou para as redes. Foi o primeiro gol da equipe venezuelana na competição.

Mas o time da casa teve pouco tempo para comemorar. Cinco minutos depois, o Chile buscou o empate. Alexis Sánchez e Isla, lateral do Flamengo, iniciaram boa jogada que culminou na finalização de Vidal: 1 a 1.

O empate esfriou um pouco a disposição ofensiva da Venezuela, mas os anfitriões seguiram melhores em campo. O goleiro Bravo precisou trabalhar no restante da etapa para evitar novo gol dos anfitriões.

No segundo tempo, o Chile se recuperou em campo e passou a oferecer maior perigo ao gol de Fariñez. Os visitantes chegavam ao ataque com mais facilidade, porém sem chances mais agudas.

Aos 23, o técnico José Peseiro fez a primeira mudança no time da Venezuela, envolvendo jogadores que atuam no Brasil. Savarino, do Atlético-MG, deu lugar a Soteldo, do Santos. Dez minutos depois, Otero, do Corinthians, também ganhou uma chance.

E, quando o Chile parecia mais perto do gol da vitória, a equipe venezuelana voltou a surpreender na partida. Aos 35 minutos, Soteldo cruzou na área e Rondón aproveitou saída errada do goleiro Bravo para completar para o gol com facilidade, sacramentando o primeiro triunfo dos venezuelanos.

As duas seleções voltam a campo pelas Eliminatórias somente em março de 2021. Pela quinta rodada das Eliminatórias, a Venezuela vai receber o Equador no dia 25 de março. Os chilenos enfrentará o Paraguai em casa, no mesmo dia.

Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe um comentário