Assembleia disponibiliza videoaulas de preparação para o Enem

De lucianpichetti | 15 de maio de 2020 | 16:12
Foto: Alep

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 vão até o dia 22 de maio. As provas foram mantidas para novembro, segundo o Governo Federal. Os estudantes, que já estão tendo aulas pela internet, em meio a pandemia de coronavírus, poderão se preparar para o Enem da mesma forma. Desde 2015, a Assembleia Legislativa do Paraná disponibiliza a plataforma “Assembleia no Enem”.

O projeto foi desenvolvido pela Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa e tem ajudado estudantes que querem entrar em uma universidade. A proposta, em parceria com a ONG Instituto Educacional Eureka, disponibiliza mais de 500 vídeos aulas, com comentários e dicas indispensáveis para quem vai fazer o Enem.

Os vídeos estão no canal do Youtube do legislativo paranaense.

Em um espaço exclusivo no site da Assembleia, além dos vídeos, há também a possibilidade de o estudante acessar apostilas com diversos exercícios de provas anteriores e também temas para elaborar a redação.

De acordo com a diretora de Comunicação da Assembleia e idealizadora do projeto, Kátia Chagas, esse ano as vídeo aulas do “Assembleia no Enem” terão ainda mais importância.

“É um canal super importante para que os alunos aproveitem esse tempo em casa para estudar para o Enem. As aulas e o material estão disponíveis no site da Casa, de fácil acesso por qualquer pessoa, assim como outras informações sobre projetos importantes que também desenvolvemos, a exemplo do Guia do Cidadão, do Concurso de Redação”, concluiu.

O projeto

O projeto “Assembleia no Enem” começou em 2015. Além das aulas, foram realizados seis aulões no plenário da Assembleia, uma iniciativa inédita no país. Quase 4 mil alunos participaram das aulas, transmitidas ao vivo pela TV Assembleia e pelas redes sociais do legislativo.

Enem 

A partir deste ano o Enem terá duas modalidades de provas, as impressas, com aplicação prevista para os dias 1º e 8 de novembro, e as digitais, para os dias 22 e 29 de novembro. Cerca de 100 mil participantes vão poder escolher entre as modalidades. O participante que optar por fazer o Enem impresso não poderá se inscrever na edição digital e, após concluir o processo, não poderá alterar sua opção.

Deixe um comentário