Ministério prorroga atuação da Força Nacional no Paraná

De lucianpichetti | 25 de junho de 2020 | 17:23
Foto: Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou por mais 180 dias a permanência e atuação da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) no Paraná. A medida vale a partir desta quinta-feira (25) e vai até 21 de dezembro, para o município de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, onde a iniciativa está em vigor no Estado.

De acordo com a portaria, a prorrogação se deu para intensificar a atuação da Força Nacional junto às forças de segurança estaduais e municipais nas ações de policiamento ostensivo nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública, como já tem acontecido desde a implantação do programa Em Frente Brasil em São José dos Pinhais, em agosto de 2019.

Para o Comandante do 6º Comando Regional da Polícia Militar do Paraná e coordenador operacional do projeto no Estado (fase 1), coronel Nivaldo Marcelos da Silva, a permanência da Força Nacional significa mais segurança aos moradores da cidade.

“Dando continuidade ao projeto, que já apresentou bons resultados desde a sua implantação, a região estará com mais apoio e possibilita que a iniciativa possa ser analisada e servir como exemplo para implantação em outras cidades”, disse.

A portaria ainda diz que, caso seja necessário, mais uma prorrogação pode ser solicitado pelo Paraná. Informa ainda que o efetivo disponibilizado segue diretrizes e planejamentos do Ministério da Justiça.

O secretário estadual da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares, disse que a possibilidade é vista com bons olhos, pois beneficia a segurança da população paranaense.

“É muito importante essa prorrogação em nosso Estado, porque a Força, junto com a Polícia Militar, faz todo o trabalho ostensivo e preventivo”, afirmou.

“E possibilidade de podermos contar com mais seis meses de apoio nos trabalhos de segurança em São José dos Pinhais vai nos ajudar a reduzir crimes, principalmente de roubos e furtos e homicídios, e nas investigações feitas pela Polícia Civil”, acrescentou.

Além de São José dos Pinhais, quatro cidades de outros estados que participam do projeto também tiveram a prorrogação da atuação da Força Nacional: Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO) e Paulista (PE).

Em Frente Brasil

O projeto-piloto da força-tarefa Em Frente Brasil, em São José dos Pinhais, é coordenado pelo Ministério da Justiça em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná, e envolve a aplicação de efetivos da Força Nacional em conjunto com as forças federais, estaduais e municipais para combater a criminalidade e também de atividades de inclusão social.

A iniciativa que está em andamento desde o dia 30 de agosto do ano passado está na segunda fase com previsão de atividade até dezembro deste ano.

Durante a primeira fase (de 30 de agosto de 2019, até o fim de dezembro de 2019) foi registrada uma redução de 26% nos homicídios dolosos na cidade, em comparação com o mesmo período de 2018.

Colaboração AEN

Deixe um comentário