Polícia Civil investiga fraude de R$ 60 milhões contra o Banco do Brasil

De | 19 de maio de 2020 | 10:44
(Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil cumpre, nesta terça-feira (19) uma operação para apurar uma fraude de R$ 60 milhões contra o Banco do Brasil. De acordo com a corporação, o gerente de uma agência bancária e um microempreendedor são suspeitos de terem cometido o crime na região Norte do Estado.

Dez policiais cumprem cinco mandados de busca e apreensão, de forma simultânea, em Maringá, Loanda e Porto Rico. As investigações começaram em outubro de 2019, quando a instituição financeira denunciou o crime para a polícia. No caso, o gerente suspeito teria alterado a senha dos seus subordinados para efetuar a transferência do dinheiro para a conta do microempreendedor, que transferiu a quantia para outras três contas.

Até o momento, a PCPR afirma que a troca das senhas aconteceu sem conhecimento e autorização dos funcionários. Além disso, a investigação aponta que o suspeito utilizou a senha de uma gerente de outra agência situada no estado de São Paulo para não ser descoberto.

Colaboração PCPR

Deixe um comentário